Caros usuários e visitantes do portal Vitrine Publicitária


É com grande alegria que hoje, no dia em que completamos 10 anos de idade, comunicamos o encerramento das atividades do portal. Alegria? Sim, alegria! Nesta carta explicamos o porquê, contando um pouco da nossa história:


Em janeiro do ano 2000, bem antes do Vitrine Publicitária ir ao ar, eu, Bruno Lessa, tinha o sonho de me tornar publicitário e ingressei na faculdade em uma pequena cidade do interior de Minas Gerais. Foram 4 anos de muita luta, mas tudo deu certo, me formei e estava pronto para ir em busca da tão sonhada oportunidade profissional. Como era de se esperar, a realidade foi bem diferente da expectativa, especialmente para um garoto que vivia longe de um grande urbano, e assim a tal da oportunidade não vinha. Eu enviava mais de 400 (QUATROCENTOS) currículos por dia, fazia ligações, pesquisava todas as agências de publicidade do Brasil para poder contatar, acionava minha pobre rede de contatos e nada. Durante este tempo, fiquei tão obcecado que reuní um material riquíssimo com informações de todo o mercado publicitário brasileiro. Foram quase 3 anos nesta luta, sem nunca abandonar o sonho de ser publicitário que parecia cada vez mais distante. Até que um dia tomei uma decisão drástica, resolvi me mudar para São Paulo sem nenhuma perspectiva e me ofereci para trabalhar como voluntário em uma instituição de ensino da área, afinal eu precisava estar em contato com as pessoas e continuar estudando para não "enferrujar". Sim, você leu certo, VOLUNTÁRIO, sem receber um centavo (eu tinha reserva para apenas 1 mês). Foi aí que minha sorte começou a mudar.


Um professor, pelo qual tenho imensa gratidão, se impressionou com o meu discurso e me ofereceu um trabalho temporário para ajuda-lo em uma pesquisa acadêmica e me ofereceu uma pequena ajuda de custo paga do seu próprio bolso - o que foi fundamental para estender minha permanência na metrópole.


O tempo passou, em 6 meses fizemos um bom trabalho juntos que foi me abrindo portas até eu receber uma proposta para trabalhar em uma pequena agência para cobrir a licença médica de um funcionário que precisou se ausentar para fazer um tratamento. Ali comecei a empregar meus conhecimentos de uma forma um pouco mais ampla em campanhas de nível nacional. Fui ganhando mais visibilidade, até que o funcionário que eu estava cobrindo voltou da licença médica para reassumir suas funções. Em um mercado tão competitivo e com poucas oportunidades, o que se esperava era que nós brigássemos pelo cargo. Porém, o que aconteceu de fato é que resolvemos nos unir para, juntos, fazer algo maior pela empresa. Conseguimos isso e fomos além, ficamos amigos, descobrimos afinidades e viramos verdadeiros irmãos. Este profissional era nada mais, nada menos do que o Marcos Ricardo, o cara que aparece junto comigo neste vídeo.


Ricardo é um cara que me impressionou de cara. Comandava o marketing inteiro da empresa, criava sozinho campanhas que iam para mais de 300 lojas no país e até no exterior, coordenou um circuito de eventos esportivos que reuniu milhares de pessoas em quase todos os Estados do Brasil e ainda era programador de sites e sistemas web em 3 linguagens diferentes. Eu achava que ele tinha estudado em Harvard e tinha uma BMW, mas não, ele nunca fez faculdade, morava no Jardim 9 de Julho e tinha um Fusca. Autodidata, aprendeu tudo o que sabe sozinho. Me contou que quando tinha dúvida sobre algo técnico, pegava o ônibus e ia até a livraria, lia a resposta no livro e voltava, pois não tinha condição de comprar e só tinha dinheiro para a passagem de ida e volta. Desde que o conheci até hoje, nunca ouvi ele falar "não sei fazer", nunca negou um desafio, sempre deu um jeito. É o tipo de cara realizador no sentido literal da palavra. Por estes e outros motivos, ele é o profissional que mais respeito na vida.


E foi assim, a partir de duas histórias de superação, que começou a nascer de fato o portal Vitrine Publicitária. Um dia comentei com o Ricardo sobre todo o material que eu tinha juntado durante o tempo que procurava emprego e comentei sobre a minha vontade de disponibilizar isso pra todo mundo que estivesse na mesma situação, para facilitar a vida de estudantes e profissionais que estavam entrando na área de forma que eles não precisassem passar por tudo o que passamos. Ele me encorajou a tirar do papel um projeto que eu havia escrito durante o período que estava desempregado e se disponibilizou a desenvolver todo o site. Todo final de semana o Ricardo colocava o computador no Fusca azul e ia até minha casa, onde virávamos a noite programando.


Início das atividades do portal Vitrine Publicitária


Finalmente no dia 14 de maio de 2007 colocamos o site no ar, sem grandes pretensões, falando só para alguns amigos. Depois fizemos um post em uma comunidade do Orkut e chegou o primeiro cadastro espontâneo. Dias depois, a primeira agência enviou um e-mail pedindo para divulgarmos no site uma vaga que eles tinham. Aí vieram as assessorias de imprensa enviando releases e notícias. Em seguida, os convites para participar de eventos.


Em pouquíssimo tempo, o sitezinho que havia começado com um conteúdo inicial, tinha 3 milhões de visitas mensais, gerava o seu próprio conteúdo e atingiu o país inteiro, estava na boca de todos os estudantes de publicidade do Brasil e no RH das maiores agências. Mensalmente recebíamos e-mail de agradecimento de pessoas que conseguiram emprego por lá e de empresas satisfeitas pelas contratações feitas pelo Vitrine. Nunca cobramos um centavo por isso, nossa missão sempre foi de ajudar e fazer a diferença.


Final das atividades do portal


Você deve estar se perguntando: se deu tão certo, por que acabar com o site? Eu explico.


Durante este tempo, o portal Vitrine Publicitária nos levou a lugares nunca antes imaginados. Graças ao site, conheci Washington Olivetto, Marcelo Serpa e os maiores publicitários do Brasil. Estivemos dentro da DPZ, W/McCann, AlmapBBDO, DM9, dentre outras. Viajamos. Fomos convidados a ter acesso VIP nos maiores eventos de publicidade do país. Fomos tema de reportagem da Revista Propaganda, Meio & Mensagem, dei até entrevista para o programa de TV Grandes Nomes da Propaganda 2 vezes, saímos no UOL e dezenas de veículos de comunicação. Ficamos conhecidos no meio publicitário e reconhecido nas festas. Nada mal para dois meninos do interior que tinham como sonho arrumar emprego em uma agência.


Mas a maior vitória nesse tempo, para mim, não foi ter valorizado o meu passe. Foi ter consolidado a minha parceria com o Ricardo. Juntos, iniciamos diversos novos projetos. Fundamos a nossa própria agência, a Marketing SIM, uma empresa que hoje é referência nacional na área de marketing imobiliário já tendo respondido por mais de R$ 5 bilhões em campanhas. Hoje damos emprego e sustentamos famílias, o mesmo emprego que tanto buscamos lá atrás. Mas tudo isso tem um preço... e esse preço é que tudo isso trouxe novas responsabilidades e exigiu de nós uma dedicação total aos nossos novos negócios. Infelizmente não temos condições de dar continuidade ao portal Vitrine Publicitária com a atenção que vocês usuários e o mercado publicitário merecem, então optamos por encerrar da melhor maneira: com sucesso!


Agradecemos a cada um de vocês por todo o carinho nesta jornada que nos trouxe até aqui, onde sabemos que ela não termina. MUITO OBRIGADO!


Bruno Lessa / Marcos Ricardo

Deixe seu comentário sobre o site


Este domínio e este portal estão disponíveis. O que você gostaria que o site virasse?
Caso tenha alguma sugestão ou proposta, encaminhe para


contato@marketingsim.com.br